Controle da Fusariose em Pimenta-do-Reino

Resumo: A fusariose é o principal problema fitossanitário na cultura da pimenta-do-reino no estado do Espírito Santo. Esta doença, cujo agente etiológico é o fungo Fusarium solani f. sp. piperis, causa a morte da planta reduzindo significativamente o período de produção da lavoura. O impacto da doença tem se agravado nos últimos anos em decorrência da produção de mudas de baixa qualidade, a reutilização das estacas de plantio e a implantação da lavoura em áreas com histórico da doença. Apesar da importância da fusariose para a pimenta-do-reino, ainda não existe uma recomendação técnica que permita o controle após o estabelecimento da doença no campo. As principais medidas de controle preconizadas para a fusariose são o controle químico com fungicidas e indutores de resistência, o controle biológico com fungos e bactérias e uso de produtos alternativos com folhas de nem. Vários produtos comercializados na região não possuem validação para a cultura da pimenta-do-reino e nem tem experimentos locais que comprovem sua eficiência. Este projeto procura avaliar a eficácia individual e em conjunto os produtos recomendados para o controle da fusariose na região. Os ensaios serão feitos inicialmente in vitro e em vasos. Os produtos que apresentarem melhor desempenho em condições controladas serão levados para ensaio a campo. Ao final deste projeto, espera-se ter uma lista de produtos que podem ser utilizados de forma isolada ou em conjunto e que podem ser utilizados dentro de um programa de manejo integrado da cultura.

Data de início: 2016-06-01
Prazo (meses): 12

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador Marcelo Barreto da Silva
Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Rodovia BR 101 Norte, Km 60 - Bairro Litorâneo, São Mateus - ES | CEP 29932-900