Padronização de metodologia para identificação molecular de Pipper yellow mottle virus (PYMOV) em plantas de pimenta-do-reino

Nome: Anna Caroline Brinco Rocha
Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 26/05/2017
Orientador:

Nomeordem decrescente Papel
Andreia Barcelos Passos Lima Gontijo Orientador

Banca:

Nomeordem decrescente Papel
Andreia Barcelos Passos Lima Gontijo Orientador
Antelmo Ralph Falqueto Suplente Interno
Enilton Nascimento Santana Examinador Externo
Marcelo Barreto da Silva Examinador Interno
Vander Calmon Tosta Suplente Externo

Resumo: A pimenta-do-reino é uma das especiarias mais comercializadas no Brasil, sendo o estado do Espírito Santo considerado o segundo maior produtor dessa iguaria. Existem problemas quanto a disseminação de doenças viróticas já que a pimenta-do-reino é comercializada por meio de estacas e/ou mudas. Tanto no Brasil quando no estado do Espírito Santo já foram relatadas a presença do vírus Piper yellow mottle virus (PYMoV). O objetivo deste subprojeto foi padronizar uma metodologia de detecção do vírus através de folhas jovens de pimenta-do-reino da variedade Bragantina. Para isso foram testados diferentes métodos de extração de DNA utilizando folhas sintomáticas e folhas assintomáticas e diferentes protocolos para adequar o teste de PCR (reação em cadeia da Polimerase) utilizando primers específicos para amplificação do fragmento de DNA do vírus PYMoV. Os resultados da PCR foram analisados por meio de eletroforese em gel de agarose corado com GelRed ou Blue Juice. Sendo que não foram obtidas bandas de fragmentos específicos do PYMoV, pois os primers utilizados amplifacaram bandas inespecíficas.

Acesso ao documento

Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Rodovia BR 101 Norte, Km 60 - Bairro Litorâneo, São Mateus - ES | CEP 29932-900